21 de jul de 2009

Nada

você banalizou o que era nosso
você popularizou o que era seu
você tirou o que era meu

nossos sonhos foram destruídos
suas vontades foram feitas
eu fui apagado

'nós' deixou de exitir
você e eu fomos separados
e sobrou nada

sobrou nada

Nenhum comentário: